Translate

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Mais um Meteorito no Planeta Vermelho.

O Rôver Curiosity teve uma pequena surpresa em sua jornada ao Monte Sharp, em Marte, onde ele procura por evidências de vida. O Rôver encontrou um estranho meteorito metálico com cerca de 4 centímetros.

As primeiras análises sugerem que o objeto seja formado por ferro-níquel e que ele tenha vindo direto do cinturão de asteroides, que fica próximo ao planeta vermelho. A visita de corpos do cinturão ao solo marciano não é incomum já que a gravidade de Júpiter sempre dá uma forcinha para expulsar os objetos de sua órbita. Mas a “Rocha Ovo” (como foi apelidada por conta de seu formato) é especial.

Baseado em sua aparência diferente, os pesquisadores da NASA acham provável que o meteorito tenha derretido ao entrar na atmosfera de Marte antes de endurecer — isso explicaria o formato polido e as estranhas ranhuras que o compõe.

 Encontrar meteoritos em Marte é sempre uma festa para os cientistas, afinal, é uma chance de estudar corpos que não passariam pela atmosfera da Terra e que não teríamos contato de outra forma. Além disso, os objetos podem revelar muito sobre partes ainda misteriosas do Sistema Solar e sobre o próprio planeta vermelho.

  Por conta das condições especiais do planeta, meteoritos caídos na superfície do planeta podem conservar sua aparência original durante milhões de anos, pois eles não se oxidam.
Não é a primeira vez que o Curiosity descobre meteoritos no Planeta Vermelho, mas esse atraiu atenção por ter uma forma redonda com superfície lisa e sulcos profundos.
O Rôver Curiosity iniciou sua viagem para Marte em novembro de 2011, alcançando o Planeta Vermelho em 6 de agosto de 2012 nas proximidade da cratera de Gale. Embora não haja um prazo exato para a conclusão da missão do Curiosity, sua missão principal está prevista para ser realizada durante um ano marciano, ou seja, 687 dias.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A vida na Estação Espacial Internacional, completou 20 anos nesta terça !

Ela funciona como moradia e laboratório para astronautas do mundo todo e é vista como um dos emblemas mais proeminentes de cooperação inte...